Ficar com um carro parado é um grande inconveniente e um prejuízo, não é mesmo? É por isso que as manutenções, especialmente as preventivas, são essenciais para a saúde mecânica e um dia a dia sem percalços com o seu veículo.

Como você sabe, um veículo estragado para realização de manutenção corretiva faz com que o motorista interrompa bruscamente sua rotina, ocasionando uma série de problemas em cascata, além do custo inesperado com mão de obra e compra de peças. Assim, para que o seu carro fique parado o menor tempo possível, é preciso investir em manutenções preventivas, pois isso reduz as chances de imprevistos.

Para que você compreenda melhor os benefícios da manutenção programada, estima-se que a manutenção preventiva diminua em até 80% das paradas/estragos não planejados. Além disso, a manutenção corretiva chega a custar 30% a mais do que as preventivas. De modo geral, cada montadora estipula em qual quilometragem e/ou tempo deve ser feita a revisão e manutenção do veículo e é preciso lembrar que esse não é um número aleatório, pois é calculado com o intuito de prolongar a vida útil do conjunto de peças utilizadas, prevendo inclusive seu desgaste natural.

Afinal, se alguma peça quebrar no meio de um dia comum, do nada, os problemas causados são enormes. Neste sentido, para que as peças de seu veículo não se desgastem precocemente, é importante utilizar apenas peças originais e obedecer o cronograma das revisões estipulados pela montadora. Apesar da crença de que se economiza com a compra de uma peça paralela de baixa qualidade, a verdade é que o seu veículo pode ser o maior prejudicado. Isso porque, a longo prazo, o custo acaba sendo maior.

Att.
Equipe Auto-R Caputo Pedro II